Invejosas Lamúrias de um Conservador

Esses invólucros modernistas

Quão latentes seus ideais sórdidos

Comumente oportunistas!

Anarquistas insolúveis

Repugnantes suas mistas

De idéias infortuneis

Tal qual modo suas cristas.

Tal astúcia hiperbulosa

Desonrosa e simplista

Nome-eis a dita arte

Linguagem populista.

Menosprezeis a cadência

A métrica e a poesia

Codifiqueis suas indolências

Como satânicas liturgias.

Fanáticos por práticas

Libertárias e casuais

Que embaúlam mentes sádicas

Com aventais intelectuais.

Mas, se pareço indignado

Perdoe-me por este parecer

No fundo conservo-me alheio

Por não ter a graça de ser.

Velho Marujo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s